Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Acesso | Avisar | Contato | Buscar
 Movimento e Percepção > Vol. 8, Nº 11 (2007) Open Journal Systems 


Treinamento de Força Explosiva para Jovens Atletas de Tênis de Campo: Pliometria para membros inferiores

José Renan Rodrigues Filho, Unicamp


Resumo
Introdução: A pliometria vem de encontro às necessidades dos tenistas, unindo força e velocidade em sua natureza balística para desenvolvimento da força explosiva. Objetivo: Comparar o resultado do treinamento de pliometria para melhora de força explosiva em membros inferiores de tenistas juvenis. Material e Método: A amostra foi composta por 35 atletas de tênis do sexo masculino e feminino, divididos em dois grupos (média de 13,36 anos e DP de 1,68 anos); grupo controle, composto por nove atletas e grupo treinamento, composto por 26 atletas. Foram usados três testes para avaliação da melhora de força explosiva, o Squat Jump (SJ), o Counter Movement Jump (CMJ) e o teste de Impulsão Horizontal (IH) em duas ocasiões, uma antes da Intervenção e outra após a intervenção. A intervenção foi dividida em quatro microciclos, com três unidades de treinamento cada um, totalizando doze sessões, e foi desenvolvido visando uma supercompensação após o quarto microciclo. Resultados: Foram encontradas diferenças significativas entre o grupo controle e o grupo treinamento nos três testes. Em quatro das seis variáveis no grupo controle foi registrado um decréscimo na desempenho. No grupo treinamento foi registrado aumento na performance em todas as seis variáveis e ficaram entre 7,33% e 22,22%. Conclusão: Os resultados apontam para um aumento no rendimento no grupo treinamento muito superior quando comparado ao grupo controle, mostrando que um trabalho de pliometria para membros inferiores é extremamente vantajoso para tenistas juvenis que visam a melhora de força explosiva de membros inferiores. Palavras Chave: força explosiva, pliometria, tênis.


ABSTRACT

Introduction: The Plyometrics fulfills the tennis players’ needs, joining strength and speed in its ballistic nature in order to promote the development of the explosive strength. Aim: To compare the results from the plyometric training to improve the explosive strength in the inferior limbs of the youthful tennis players. Material and Methodology: The sample was composed of 35 (thirty-five) female and male tennis athletes, divided into two groups (average age between 13 and 36, and DP of 1,68 per year); the control group was composed of 9 (nine) athletes, and the training group was composed of 26 (twenty-six) athletes. Three tests were used to evaluate the explosive strength improvement: the Squat Jump (SJ), the Counter-Movement-Jump (CMJ), and the Horizontal Impulse (HI) in two different occasions, before and after the intervention. This intervention was divided into four microcycles, with three training units each one, in the total of twelve sessions, and it was developed aiming at a supercompensation after the fourth microcycle. Results: It was encountered meaningful differences between the control group and the training group in the three tests. It was observed a performance decrease in four out of six variables in the control group. In the training group it was noticed an increase performance in all the six variables and they were between 7,33% and 22,22%. Conclusion: The results indicate a performance increase in the training group far superior when compared with the control group, showing that a plyometric application to the inferior limbs is extremely advantageous to the youthful tennis players who focus the explosive strength improvement of the inferior limbs. Key words: Explosive Strength, Plyometrics, Tennis.



Texto completo: PDF





Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares arti
  Context
  Action





Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Acesso | Avisar | Contato | Buscar

Movimento e Percepção - ISSN: 1679-8678

>Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.