Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Acesso | Avisar | Contato | Buscar
 Movimento e Percepção > Vol. 8, Nº 11 (2007) Open Journal Systems 


Educação Física como Auxiliar no Desenvolvimento Cognitivo e Corporal de Autistas

Maycon Cleber Tomé, IAAF


Resumo
Segundo LÉO KANNER, um psiquiatra austríaco, que em 1943 descreveu sobre a síndrome de aspecto autistíco como sendo um distúrbio do desenvolvimento caracterizado por: incapacidade para estabelecer relações com pessoas, um amplo conjunto de atrasos e alterações na aquisição e uso de linguagem e insistência obsessiva em manter o ambiente sem mudança, acompanhada da tendência a repetir uma gama limitadas de atitudes ritualizadas, ressaltou que os sintomas fundamentais o isolamento autistico. As formas de tratamento para o individuo autista podem ser desde a utilização de medicamentos a acompanhamento pedagógico, fonoaudiólogo, psicológico e físico. O tratamento em geral tem como objetivo o desenvolvimento cognitivo afetivo e social dos autistas. Ao trabalhar com crianças autistas deve ter como principal objetivo ensinar, e a persistência é uma grande aliada, o ensino tem como prioridade as atividades de vida prática, independência e à socialização, através de atividades para uma normalização do convívio social e o método TEACCH, criado pela Escola Norte Americana ASA, pode auxiliar. A implantação da educação física, também é um grande auxiliar no desenvolvimento cognitivo do autista, possibilita um melhor desenvolvimento das habilidades sociais, da coordenação motora e melhora na qualidade de vida. No inicio da aprendizagem é necessário conhecer cada aluno individualmente, suas habilidades motoras, interesses e capacidades comunicativas. Palavras-chave: Autismo - Educação Física.


ABSTRACT

According to LÉO KANNER, an Austrian psychiatrist, whom in 1943 described on the syndrome of autist’s aspect as being a riot of the development characterized for: incapacity to establish relations with people, an ample set of delays and alterations in the acquisition and use of language and obsessive insistence in keeping the environment without change, followed by the trend to repeat a limited gamma of ritualized attitudes, standed out that the basic symptoms the autist’s isolation. The forms of treatment for individual autist’s can be from medicine use to pedagogical, phonoaudilogical, psychological and physical accompaniment. The treatment in general has as objective the affective and social cognitive development of the autism. When working with autism children it must have as main objective to teach, and the persistence is a great allied, education has as priority the activities of practical life, independence and to the socialization, through activities for a normalization of the social conviviality and method TEACCH, created for the American School North (ASA), can assist. The implantation of the physical education, also is great an assistant in the cognitive development of the autism, it makes possible a better development of the social skills, the motor coordination and improves in the quality of life. In the beginning of the learning it is necessary to know each pupil individually, its motor abilities, interests and communicative capacities. Key-Words: Autism - Physical Education.



Texto completo: PDF





Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares arti
  Context
  Action





Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Acesso | Avisar | Contato | Buscar

Movimento e Percepção - ISSN: 1679-8678

>Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.