Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Acesso | Avisar | Contato | Buscar
 Movimento e Percepção > Vol. 11, Nº 17 (2010) Open Journal Systems 


Influência da idade cronológica e biológica sobre a potência anaeróbica em escolares de ambos os sexos no período peripubertário

Gerson Luis de Moraes Ferrari, CELAFISCS/PUC-CAMPINAS
Vanderlei Palandrani Júnior, PUC-CAMPINAS
Fábio Luis Ceschini, CELAFISCS
José Francisco Daniel, PUC-CAMPINAS


Resumo
O objetivo do presente estudo foi verificar a influência da idade cronológica e biológica sobre a potência anaeróbica em escolares de ambos os sexos no período peribubertário. Participaram do estudo, 317 escolares de ambos os sexos, com idade entre 8 e 16 anos, sendo 157 do sexo masculino e 160 do sexo feminino, regularmente matriculados em uma escola da rede particular de ensino de Itu-SP. As variáveis avaliadas foram: massa corporal (Kg), estatura (cm) e tempo (segundos) na corrida de 50 metros segundo padronização do CELAFISCS. O estágio maturacional foi determinado mediante a auto-avaliação dos pêlos púbicos. A análise estatística utilizada foi a regressão linear univariada com nível de significância pré-estabelecido em p<0,05. Para o sexo masculino o desempenho da potência anaeróbica foi explicado pela idade cronológica (64%), estatura (58%), idade biológica (51%), massa corporal (37%) e por ambas as idades, cronológica e biológica, somadas (64%). Já para o sexo feminino, a estatura foi a variável que mais explicou a potência anaeróbica (23%), seguida da idade biológica (22%), idade cronológica (21%), massa corporal (8%) e quando somadas as idades cronológica e biológica, o fator de explicação foi equivalente a 23%. Em ambos os sexos, todas as associações relatadas foram estatisticamente significativas. PALAVRAS-CHAVE: Maturação sexual; Idade cronológica; Potência anaeróbica; Estudantes.


ABSTRACT

Purpose: The aim of the present study was to verify the chronological and biological age influence on anaerobic power in peri-pubertal students both of gender. Methods: Sample consisted of 317 students, both of gender, age between 8 to 16 years old, part of 157 males and 160 females belonging to a school attending a private school in Itu-SP. Variables analyzed were: Body weight, height and 50 race test, according to CELAFISCS standard. Sexual maturation level was established through the self-assessment of Tanner stages, considering pubic hair proposed by Matsudo (1994). Results were evaluated through univariate regression analysis. Level of significance adopted was p<0.05. Results: For the male gender explain the chronological age 64% anaerobic power performance, 58% height, biological age 51%, body weight 37% and 64% for both age respectively. For the female, the height is the more variable explain the anaerobic power (23%), followed biological age (22%) and chronological (21%), linking the two ages is the answer to 23%. Conclusion: Among males, chronological age explained further the performance of anaerobic power than biological age, height and weight. For the females the height is the variable that most influences the performance of the same, followed by biological age, chronological age. In both genders, all associations were significant. KEY WORDS: Sexual maturation; Chronological age; Power anaerobic; Students.



Texto completo: PDF





Research
Support Tool
  For this
avaliação pelos pares arti
  Context
  Action





Capa | Atual | Arquivos | Sobre | Acesso | Avisar | Contato | Buscar

Movimento e Percepção - ISSN: 1679-8678

>Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.